Captura de Tela 2018-04-26 às 15.24.47UOL de Primeira (Por Pedro Lopes) – Acumulando cargos de deputado federal (PT-SP) e diretor de assuntos internacionais da CBF, Vicente Candido recebe um salário maior na entidade que comanda o futebol brasileiro do que na Câmara dos Deputados. A De Primeira teve acesso a documentos da entidade que mostram um salário de R$ 37 mil, superior aos R$ 33 mil recebidos pelo cargo público. Procurado pela reportagem, Candido admitiu o salário, afirmou não haver qualquer ilegalidade nisso e ressaltou que tudo está registrado em seu imposto de renda.

Cândido foi sócio do ex-presidente da CBF Marco Polo Del Nero em um escritório de advocacia e também ocupa cargo de diretor de relações internacionais e institucionais do Corinthians. Como deputado, costuma atuar em projetos relacionados a futebol e defender os interesses da CBF, tendo sido relator da Lei Geral da Copa e participado da elaboração do Profut. Baseado em Brasília e São Paulo, Vicente Cândido não costuma dar expediente na CBF.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare