No site da ESPN (Por Gabriela Moreira):
Dez dos principais clubes do futebol brasileiro exigiram ao presidente interino da CBF, Antonio Carlos Nunes de Lima (o Coronel Nunes), a saída imediata do procurador-geral do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), Paulo Schmitt.

Ele ocupa o cargo desde 2006 e é o responsável pelas principais acusações que entram na justiça esportiva nacional.

Em carta assinada nesta quarta-feira por dirigentes de Atlético-MG, Corinthians, Cruzeiro, Flamengo, Grêmio, Internacional, Palmeiras, Santos, São Paulo, Vasco, eles afirmam que “é imprescindível que se adote, também na Procuradora-Geral da Justiça Desportiva do Futebol, o princípio que se aplica a todo e qualquer sistema integrante de um regime democrático: a alternância de poder”.

Paulo Schmitt subiu no telhado
Paulo Schmitt subiu no telhado

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare