No L’Equipe:  PSG bate RB Leipzig com dor e conquista o segundo lugar
Nesta tarde de tantas atrações na Champions, perdi o meu tempo ao escolher o jogo do PSG contra o “Bragantino” alemão. Sim, a maioria dos espectadores brasileiros queria ver como está o Neymar, depois de mais um longo periodo de inatividade.
E o que Neymar nos ofereceu foi um espetáculo deprimente. Neymar quando está mal das pernas, volta a ser um grande cai-cai. É irritante.
Mas o PSG contou com a ajuda do juizão, que marcou um pênalti maroto em Di Maria e Neymar converteu. O RB Leipzig mereceu ganhar em Paris.
Agora,, depois de 63 jogos pela Champions, marcou 63 gols e deu 36 assistências. Números são números, meu amigo. Com essa estatística, Neymar é o brasileiro com mais gols e assistências na competição.
Mas precisa voltar à boa forma física para merecer os elogios da mídia e da torcida.
 

1 Comentário

  1. Fora de forma a essa altura do campeonato é de lascar.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare