O Corinthians sofreu um abalo neste começo de temporada. Depois de perder Ralf, Fagner e Renê Júnior, ontem foi a vez de Clayson. É quase meio time. O time de Fábio Carille sentiu o golpe no jogo de ontem, contra o Independiente.
Começou lento, sofreu dois gols, até esboçou uma reação, mas não conseguiu evitar a derrota em Itaquera, pela quarta rodada da fase de grupos da Taça Libertadores. Nem Rodriguinho, bem marcado, nem Sheik, expulso, conseguiram resolver
Foi a segunda derrota seguida. No fim de semana caiu diante do Atlético, no Brasileirão. Carille vai precisar de reforços, mas o clube não tem disponibilidade de caixa para suprir tantas baixas com a mesma qualidade.
Será, certamente, mais um desafio para Fábio Carille  reinventar sua equipe. Um bom técnico se revela nestes momentos. As vezes não consegue, mas ele pelo menos tenta.
Análise do jornal Olé sobre o jogo de ontem
Análise do jornal Olé sobre o jogo de ontem

7 Comentarios

  1. O time claramente cansou, não está aguentado jogar três competições. Carille vai ter que poupar. A derrota de ontem não compromete a classificação do time, mas se ganhasse ficaria muito perto da vaga nas oitavas.

  2. Temo que tenhamos que optar por uma competição só…

  3. E o Sheik, vão renovar até o fim da temporada? Já deu, além de prejudicar o time, fica tirando o espaço de jogadores como Pedrinho. Parecia que o Corinthians iria empatar pelo menos, Sheik acabou com a chances de empate, com a sua expulsão infantil.

  4. Quanto foi o Jogo do Nacional contra os Manjubinhas?

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare