Quando o Goiás abriu o placar, com Fernandão, logo nos primeiros minutos, me veio a sensação de Robin Hood. O Corinthians as vezes  parece gostar de ganhar dos grandes e, em contrapartida, complicar-se diante dos pequenos.
Na semana passada, atropelou inapelavelmente o líder São Paulo, e hoje poderia engasgar-se com o lanterna Goiás.
O time, mesmo sem ser brilhante, achou logo o gol de empate e teve paciência para virar no segundo tempo.
Menos mal que não tenha dado esse vexame dentro de casa. E agora, um pouco mais distante do Z-4, pode até sonhar com uma vaga na Sul-Americana.
Por que não?

2 Comentarios

  1. Só lamento a perda de tempo com o Coelho!

  2. Se continuar com esse aproveitamento, capaz de ainda ir pra Liberta.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare