Não há dúvida de que este Brasileirão é um dos mais equilibrados dos últimos anos. Ali nas imediações do pelotão de frente está todo mundo embolado.
Mas, cá entre nós, é difícil compreender a instabilidade de times que brigam pelo título. Estou falando de Corinthians e Atlético, dois frequentadores do G4, que foram humilhados neste domingo, pelo mesmo placar de 3×0
O Corinthians, ao que tudo indica, deverá entrar numa zona de turbulência depois desse massacre do Grêmio. Temo que a conte sobre para o técnico Cristóvão Borges, mas, na verdade, a culpa não é dele. Ou não é somente dele. Desde da época de Tite que há uma carência de bons atacantes. Além disso, o goleiro Cássio foi hoje um autêntico “mão de alface”.
E o Galo sentiu a pressão da Vila Belmiro. Uma pressão que foi motivada pela presença de Robinho, um ex-menino da Vila, que foi recebido com uma chuva de “dinheiro”. E, no segundo tempo, quando foi substituído, as vaias foram ouvidas até na Rodovia dos imigrantes.
unnamed (1)

8 Comentarios

  1. Na verdade o Corinthians tá sem técnico desde a saída do Tite, Cristóvão destruiu todo o padrão de jogo que o time tinha. E o que me espanta mais é que ele fecha treino durante a semana pro time apresentar esse péssimo futebol.

  2. Gente, a vitória do Santos foi nada menos que maravilhosa, o timeco do Atlético é fortíssimo e mesmo assim conseguimos uma vitória consistente. O palhaço do Robinho falou que sempre marcava na Vila, mas saiu de lá hoje com o rabinho entre as pernas. kkkkkkkk

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare