728x728Na coluna UOL de Primeira(por Dassler Marques) –  Nos últimos dias, o Corinthians chegou a reabrir as tratativas com a Caixa Econômica Federal para o patrocínio máster da camisa, mas novamente não chegou a um consenso. O banco, que detinha o espaço desde a temporada 2012, fez oferta recente para seguir até dezembro, mas não alcançou acordo com os dirigentes corintianos.
A informação foi confirmada à coluna por Fernando Sales, diretor de marketing do clube, que enxerga na quantidade de demandas realizadas pela Caixa nos contratos de patrocínio um dos pontos de principal dificuldade para um acordo. De acordo com Sales, havia conversas em andamento com mais duas empresas interessadas na camisa corintiana, mas apenas uma delas segue em tratativas.
O Corinthians gostaria de selar um vínculo até o fim da próxima temporada, proporcionalmente em um contrato estimado em R$ 25 milhões/ano. Sales ainda descartou que o novo produto licenciado do clube, a máquina de cartão de crédito Fielzinha, possa estampar o uniforme em um dos jogos desta semana contra Chapecoense e Atlético-GO.

2 Comentarios

  1. Só o 5ma11 mesmo pra rejeitar um bom patrocínio em tempos de crise. Fica acreditando muito no seu taco, sem ser essa Coca-Cola toda. Acreditaram que conseguiriam outro patrocínio rápido e recusaram a Caixa, da mesma forma que apostaram que fechariam o NR assim que inauguraram o Itaquerão e tão esperando até hoje. kkkk

  2. É muita incompetência dessa diretoria!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare