Um bom jogo no Mineirão. Mas, depois do intervalo, quando Atlético e América estavam empatando em 1×1, eu não conseguia entender o que estava acontecendo. O atacante Hulk, talvez o maior salário do Galo, assistia ao jogo no banco.
Cuca colocou-o em campo na altura dos 17 min e Hulk mudou o jogo, participando do segundo gol e aumentando o domínio do Atlético.
O Galo, este ano, se não fizer bobagem, é time pra disputar todos os títulos.
GRE-NAL
No Gre-Nal de ontem, vencido pelo Grêmio, também teve um fato curioso que me chamou a atenção: o técnico Miguel Angel deixou dois artilheiros (Thiago  Galhardo e Guerrero) no banco.
Resultado: apesar de ter mais posse de bola, perdeu mais um clássico.

1 Comentário

  1. Mais uma curiosidade no Clássico Grêmio x Inter: Mais uma vitória de um técnico brasileiro contra um técnico estrangeiro. Muitos comentaristas esportivos que dizem que os técnicos brasileiros tem muito que aprender vom estrangeiros, tai mais uma resposta. Dois times que se equivalem, não é justo um técnico estrangeiro com uma legião de craqyes comprados a peso de ouro comparar com técnicos brasileiros em que os times jogam sem receber em dia e ainda com sobra de jogadores médios que não conseguem transferência para times de ponta do exterior.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare