O Corinthians corre o risco de sofrer nova penhora na taça do Mundial de Clubes de 2012, informa Pedro Lopes no ‘UOL De Primeira’. Dessa vez, quem cobra a dívida é o escritório de advocacia Emerenciano, Baggio e Associados, que defende justamente o Intituto Santanense de Ensino Superior, que já penhorou o troféu. A banca de advogados cobra do alvinegro honorários pela ação do Instituto, e já chegou a conseguir a penhora, que foi suspensa. O pedido será julgado em definitivo no dia 24 de abril. A primeira penhora ocorreu por uma dívida de cerca de R$ 1,5 milhão do Corinthians com o Instituto. Diante da repercussão, o alvinegro recorreu e conseguiu uma suspensão, que acabou revogada. Atualmente, o clube afirma que pagará a dívida e tenta parcelamento.

3 Comentarios

  1. Belo Marketing do Escritotio de advogacia, merecem?

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare