A notícia que bombou neste meio de semana: após as tentativas de venda da Fox Sports por parte da Disney depois do veto inicial do Cade sobre a fusão das emissoras, o cenário mudou. A venda não foi concretizada dentro do prazo estabelecido pelo órgão, que irá rever a situação. Internamente, o discurso entre os funcionários da Fox Sports é de pessimismo.
Segundo o site “Observatório da Televisão”, o vice-presidente sênior e chefe de conteúdo oficial dos canais FOX, Eduardo Zebini convocou uma reunião entre os funcionários da Fox Sports nesta quarta-feira e admitiu que a empresa deve realmente se fundir à ESPN, afirmando que a empresa já pertence à Disney.
Dependendo do ponto de vista, pode ser uma boa ou uma má notícia para o mercado. A fusão vai acabar criando um super-canal de esportes, mais estruturado, com muito mais direitos de transmissões etc etc. Entretanto, vai gerar desemprego. A esta altura – não tenha a menor dúvida disso – tem gente nas duas emissoras sem saber se o emprego está garantido em 2020.

2 Comentarios

  1. Não tá fácil pra ninguém. Bons tempos se foram e não retornarão…

  2. Matheus - Rumo ao BI da Libertadores e HEPTA do Brasileirão 🔴⚫ - Deixe seu Comentário

    Os Marinhos estão fazendo algo equivalente em suas empresas. Aliás, essa aí é uma das principais características do neoliberalismo: diminuir despesas e aumentar o lucro.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare