O Estadão informa que o vice-presidente geral e jurídico do Flamengo, Rodrigo Dunshee, disse que o clube vai recorrer da decisão da 1ª Vara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, que obriga o rubro-negro a pagar R$ 10 mil mensais para cada família vítima na tragédia do Ninho do Urubu. De acordo com o dirigente, o MP não tem “direito de entrar com ação”. 
 “Se quiserem fazer um acordo para receber mais, nós faremos acordo. Mas não reconhecemos no Ministério Público direito de entrar com ação. Proposta excepcional, muito boa, mas às vezes tem gente que quer tirar mais. Chegamos em um patamar que não temos como chegar para uma (família) e falar: “você que fechou vai ganhar menos”, explicou o dirigente, durante a premiação para os melhores do Campeonato Brasileiro, no Rio de Janeiro.

3 Comentarios

  1. Meu Deus, essa vergonha que o Flamengo tá passando é no débito ou no credito?!

  2. Vergonhoso. Pelo visto a diretoria não se importa nem um pouco com as famílias dos garotos. Fifa e CBF tinha que ameaçar com rebaixamento.

  3. Matheus - || BI CAMPEÃO DA AMÉRICA || HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO || RUMO AO BI MUNDIAL - Deixe seu Comentário

    1. O Flamengo já paga, por iniciativa própria, uma indenização mensal às famílias, inclusive àquelas que não fechou acordo.
    2. O caso não é de interesse público. As famílias que entraram com ação judicial fizeram isso por meio de advogados próprios. Sendo assim, não há nenhuma justificativa para envolvimento do MP no caso.
    3. O Clube pode sim ser punido, mas somente na esfera criminal e cível. Não há nada que justifique (e nem é previsto) uma punição na esfera esportiva por isso.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare