A prefeitura do Rio liberou a presença de 10% da capacidade total de público no Maracanã no jogo do Flamengo contra o Olímpia, pela Libertadores , marcado para o dia 18 de agosto. A informação é do site O Antagonista.

A decisão ocorreu dias após a troca de farpas entre Eduardo Paes e dirigentes do clube, que pressionaram a gestão municipal pela flexibilização.

Para entrar no estádio, os torcedores deverão comprovar que completaram o esquema vacinal contra a Covid pelo menos 15 dias antes da partida ou apresentar resultado negativo de teste para o novo coronavírus. O exame precisa ser feito em até 48 horas do início do jogo por um laboratório autorizado pelo clube organizador. Além disso, a prefeitura determinou que o uso de máscara será obrigatório no estádio e que o distanciamento social de dois metros entre cada torcedor ou família deverá ser respeitado.

A medida atende parcialmente ao pedido do Flamengo, que havia solicitado o uso do Maracanã com 30% da capacidade de público no jogo. A decisão da prefeitura se baseia na experiência de público na final da Copa América. Na ocasião, houve tumulto na entrada do estádio e foi constatado que torcedores entraram no estádio com testes PCR falsos.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare