No dia seguinte à vitória contra o Grêmio, o Flamengo suspendeu a entrada de novos participantes ao seu programa de sócio-torcedor, informa Lauro Jardim em sua coluna em O Globo. Não só isso. Também proibiu a migração para modalidades mais vantajosas.
O rubro-negrou que esperou o Flamengo se classificar para se tornar sócio e, com isso, ter preferência na compra de ingressos — inclusive para a final da Libertadores, no dia 23, contra o River Plate, em Santiago — dançou.
E a ideia da diretoria parece ser essa mesmo, na tentativa de evitar que o clube não consiga atender à demanda por ingressos para o jogo contra o River. O Flamengo tem hoje 150 mil sócios-torcedores.
O site do programa informa: “Rubro-negro, agradecemos seu apoio ao longo da Libertadores. Junto com a Conmebol vamos planejar a venda de ingressos para a final. Para isso suspendemos as adesões ou upgrades do sócio-torcedor.
Não esclarece, porém, por quanto tempo manterá a porta fechada a novas adesões.

2 Comentarios

  1. Está certíssima, a diretoria!
    Precisa-se priorizar os sócios que estão há mais tempo!!

  2. Só iriam aderir porque o clube chegou à final. Depois do jogo, certeza que sairiam. 🤭🤭🤭.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare