Captura de Tela 2018-06-10 às 23.24.38Franco Foda é o técnico alemão que dirige a Áustria e que, em pouco tempo, resgatou a autoestima da seleção daquele país. Depois de ser eliminada da Copa, a Áustria vinha fazendo grandes partidas, estava invicta, e chegou a bater até a Alemanha, atual campe do mundo.
Em função do seu curioso sobrenome, as TVs brasileiras evitaram falar sobre ele na transmissão jogo de ontem. Luiz Carlos Jr, do SporTV, mudou a pronuncia, chamando-o de “Franco Fôda”. Já Galvão Bueno dizia simplesmente “técnico da Áustria”.
O comandante considerado “linha dura” rendeu-se ao talento do Brasil, após a derrota por 3×0. E resumiu o jogo simplesmente assim: 
“Eles foram ao mais alto nível, nos faltou a energia que estávamos mostrando em outros jogos e parecia que os jogadores brasileiros estavam sempre um passo à nossa frente”.
A opinião do técnico foi compartilhada por dois jogadores da sua equipe:
“Nós não tivemos acesso ao jogo deles”, disse o meia Schöpf. 
“Este será o campeão do mundo, eu acho”, sintetizou o atacante Arnautovic.
O jornal `Der Standard` concluiu a análise da partida com uma frase definitiva:
“O pentacampeão mundial mostrou descaradamente os limites para o time nativo. Na segunda parte do jogo, o seu domínio tornou-se assustador”.

1 Comentário

  1. Haha. É cada uma. Mas a seleção tá merecendo mesmo.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare