Um jogaço entre Alemanha e França, os dois últimos campeões mundiais. A França, que tem um time recheado de super-estrelas, ganhou com sobras (apesar do placar apertado) e mostrou por que é uma das principais favoritas ao título.

A Eurocopa, que está sendo disputada simultaneamente à Copa América, acaba provocando entre nós, telespectadores, uma sensação de desilusão. 

Depois de ver esse clássico europeu, preparem-nos para ver Colômbia x Venezuela; e Brasil x Peru,  depois de amanhã.

Fazer o que?

Portugal ganhou da Hungria, com 2 gols de Cristiano Ronaldo

2 Comentarios

  1. É o que dizem: uma Copa do Mundo sem Brasil e Argentina.

  2. Com o tempo, de fato, o hiato se aprofundou. Antes, num regime de menos desigualdade econômica (as diferenças salariais eram bem menores, e, desconfio, até, que Pelé chegou a ganhar mais no Santos que muitas das celebridades europeias do futebol, naquela época – mas posso estar enganado), a qualidade do jogador sul-americano prevalecia. Hoje, não mais, embora o Brasil, provavelmente, ainda seja uma pedra no sapato de qualquer europeu, por maior que seja…

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare