Pela lógica (se houvesse lógica em futebol), o Brasil sub17 deveria mesmo passar pela Alemanha. Vamos raciocinar juntos: na primeira fase, o Brasil ganhou da Espanha; e a Alemanha perdeu do Iran por 4×0. Hoje o Espanha ganhou do Iran. Então…
Mas a Alemanha é a Alemanha. Um time enjoado, fisicamente muito forte, e com uma camisa pesadíssima.
Mas o Brasil fez um bom segundo tempo e botou os gringos na roda. Esse Alan, o 10 do Brasil, é muito bom de bola. Lindoln e Paulinho, dois atacantes badalados, também tem muito futuro.
Vamos combinar o seguinte: provavelmente nunca vamos ganhar de 7×1 da Alemanha para vingar de uma vez por todas aquele vexame da Copa-14, mas, cá entre nós, é sempre bom espantar esse fantasma da nossa frente.
Nem que seja no par ou impar.
Captura de Tela 2017-10-22 às 14.28.52

4 Comentarios

  1. A base da Alemanha é forte, eles viveram uma crise no futebol um tempo atrás, e fizeram um trabalho forte com a base e hj eles colhem os frutos, acho que isso serve de exemplo pra nossa Seleção que vive um crise de geração de jogadores.

  2. Vi parte do jogo e me impressionou a gana que os alemães demonstravam. Como se fosse questão de honra ganhar de nós. Tão se achando até entre os meninos. Vamos ver o amistoso em março!

  3. Que seja um bom presságio para a Copa do Mundo, ou até mesmo pro amistoso do ano que vem. Agora está 7×2, rs.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare