Ex-atletas do nado sincronizado, as gêmeas Beatriz Moreira Feres (Bia) e Branca Moreira Feres, disseram hoje, em entrevista à revista Quem, que sofreram assédio quando trabalharam na televisão. Sem citar nomes, as gêmeas, de 31 anos, revelaram que pessoas já falaram que era impossível as duas serem competentes, pois são “mulheres e bonitas”.

“Já ouvi que tinha que tirar a roupa para dar audiência. Fiquei chocada e muda. Sempre me comportei muito bem. Não entrei na seleção (brasileira) porque era bonita, mas porque treinei muito”, afirmou Bia.

“A gente sempre teve uma postura impecável e aconteceu mesmo assim. Enquanto mulheres aceitarem, isso vai continuar. O teste do sofá existe por causa disso”, emendou Branca.

A dupla foi contratada em setembro deste ano pela BandSports, canal pago do Grupo Bandeirantes, para atuar na cobertura e transmissão das Olimpíadas de Tóquio de 2020.

2 Comentarios

  1. O assédio muitas vezes é disfarçado de cantada ou elogio. Algumas mulheres exageram, veem pêlo em ovo, mas não se pode julgar como uma mulher deve se sentir quanto ao que ela ouve ser agressivo ou não. Só quem passa pela experiência que sabe.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare