Quem passa em frente a sede da NRSports, a empresa que administra a carreira de Neymar, pode conferir qual é o maior orgulho do nosso camisa 10 nos Jogos Olímpicos do Rio-16. É o recorde que ele conseguiu no jogo contra Honduras, quando marcou o gol mais rápido dos Jogos Olímpicos. A bola entrou aos 14 segundos, superando o recorde anterior que pertencia a Janine Beckie, atacante do Canadá, que balançou a rede aos 20 segundos contra a Austrália.
Na fachada do prédio, que fica na avenida Ana Costa, em Santos,  a 1,5 km da praia, há um imenso painel de Neymar, festejando o ouro inédito, mas enfatizando o tal recorde do gol relâmpago.
Não é nada, não é nada, fica pelo menos para a história.
unnamed (3)

1 Comentário

  1. Na verdade, grande feito mesmo foi o de Fred que marcou o gol mais rápido da história, entrou até pro Guinness, haha.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare