Na coluna de Mônica Bergamo (Folha de S.Paulo) – A TV Globo deposita nesta sexta (29) a primeira parcela paga aos clubes da série A pela transmissão do Brasileirão. Antes do pagamento, a emissora enviou uma carta avisando ser “preciso ressaltar que o severo desequilíbrio provocado pela pandemia” pode “tornar necessária a renegociação”, no futuro, dos valores já acordados de remuneração.
Uma redução, diz a emissora, pode ser necessária “caso a manutenção dos valores atuais em um mercado em recessão se mostre um ônus insustentável para a Globo”.
A emissora segue: “Por essa razão, é importante esclarecer que os pagamentos já realizados” em 2020, e os que estão sendo feitos neste ano, “não representam renúncia da Globo ao direito de pleitear o rebalanceamento do contrato”.
A carta assustou alguns clubes. A empresa afirma que não tem, até agora, a intenção de negociar a redução de valores. O aviso seria apenas uma base jurídica para que ela se resguardasse no futuro, caso isso seja necessário.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare