Corinthians e Flamengo fazem um dos clássicos mais esperados do ano em São Paulo, pelo Campeonato Brasileiro. Adversárias em campo, as duas equipes serão uma só para jogar contra um adversário em comum: a fome.
Os times vestirão hoje a camisa da Ação da Cidadania, ONG fundada em 1993 pelo sociólogo Betinho e que tem forte atuação no combate à fome e à desigualdade socioeconômica.
Donos das duas maiores torcidas do país, Corinthians e Flamengo trarão a logo da Ação da Cidadania em seus uniformes. Para completar, as camisas serão leiloadas e todo o dinheiro será revertido para a campanha Natal sem Fome, que estreia também neste domingo, dia 18.
Para Rodrigo “Kiko” Afonso, Diretor Executivo da Ação da Cidadania, a ação é uma excelente oportunidade de dar visibilidade para o combate à fome, tão necessário no país. “Temos visto cada vez mais um aumento no número de famílias entrando em um estado de insegurança alimentar. Unir dois dos principais times do país em uma ação como essa é fundamental para que mais pessoas se engajem nessa luta, que é de todos”, explica Kiko.
“Como clube de todos os brasileiros, o Corinthians tem obrigação de se engajar em iniciativas sociais que mitigam os efeitos da desigualdade brasileira. É fundamental reforçar o time da Ação da Cidadania na batalha contra a fome, que ainda maltrata pessoas de todas as torcidas”, diz o presidente do Corinthians, Andrés Sanchez
“O Flamengo já é parceiro do Ação da Cidadania e estamos juntos novamente agora para o Natal Sem Fome de 2020. O departamento de Responsabilidade Social do clube trabalha para ajudar a construir uma sociedade mais justa, sabendo da capacidade que temos de atingir dezenas de milhões de torcedores. Por isso, convocamos os rubro-negros a se unirem conosco por esta causa e mostrarem a força da Maior Torcida do Mundo. Vamos jogar juntos mais uma vez pela solidariedade”, disse Ângela Machado, diretora de Responsabilidade Social do Flamengo.
Sobre a Ação da Cidadania
A Ação da Cidadania foi fundada em 1993 pelo sociólogo Herbert de Souza, conhecido como Betinho, com o intuito de combater a fome e a desigualdade socioeconômica em nosso país e ajudar os mais de 32 milhões de brasileiros vivendo abaixo da linha da pobreza naquele ano. Desde sua criação, a ONG deu início a uma série de iniciativas, sendo o Natal Sem Fome a mais célebre delas. Após dez anos sem ser realizada, a campanha voltou em 2017 e, em 2020, ganhou força total para ajudar os agora dezenas de milhões de brasileiros que vivem abaixo da linha da pobreza, segundo dados do Cadastro Único do Governo Federal.

1 Comentário

  1. Muito legal. Parabéns! 👏👏👏👏

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare