Hoje no programa Seleção SporTV, Juninho Pernambucano soltou esta:
“Os setoristas são muito piores hoje em dia. Eu sei que eles ganham mal, mas cada um tem o caráter que tem. Se eu sou setorista, o que eu ia fazer, tentar fazer um ótimo trabalho para tentar ir para outra etapa, subir. Parte da imprensa também tem culpa na violência, porque há um excesso de pilha. Já vi isso também de olhar para você, um jogador que é profissional, não tem formação e ganha R$ 100 mil. Tem um cara que está ali, estudou quatro anos, fez de tudo para se formar jornalistas, para ser setorista e ganha mal. Talvez ele leva isso em consideração. É difícil você ganhar R$ 3 mil ou R$ 4 mil em uma sociedade e se você não for um cara fera, tem que entrevista um cara que ganha mais e que você considera ele um ninguém”.
Captura de Tela 2018-04-30 às 17.11.40
Em pleno programa, o apresentador André Rizek disse ter recebido um comunicado da direção de jornalismo do Grupo Globo sobre os comentários do ex-jogador.
“Há bons e maus profissionais em todas as categorias. Temos mais de 30 setoristas trabalhando hoje no Grupo Globo e eles recebem aqui nossa confiança e nossa solidariedade. Muitas vezes são eles que mais sofre com o desequilíbrio e a eventual violência dos torcedores. Isso não quer dizer que o Juninho não tenha o direito à sua opinião, que é e continua sendo livre. Mas é importante fazer esse registro”.

4 Comentarios

  1. Já vi que ele não vai ter vida longa na Globo. Opiniões muito destoantes do meio jornalístico, normalmente já coarctado pelos patrões…ainda mais onde.

  2. Calado é um Poeta, já dizia o filósofo Romario. É muita bobagem junta.

  3. Gosto dos comentários dele, sempre coerentes. Mas pelo visto logo vai vazar da Globo!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare