O TJ de SP negou a queixa-crime feita pelo Botafogo contra o jornalista Juca Kfouri, informa Ancelmo Gois, em O Globo. O alvinegro alegou ser vítima de injúria, após a publicação de um texto crítico a sua intenção de virar um clube-empresa. Na decisão do TJ, a condenação de Juca em primeira instância foi vista como a “criminalização da própria atividade jornalística, da liberdade de expressão e da manifestação de opinião”. Grande Juca!

1 Comentário

  1. Então o Botafogo, o clube que preserva vidas, entrou na justiça contra um jornalista porque este emitiu uma opinião negativa sobre a intenção do clube virar empresa? Será que vão botar faixa contra o jornalista no Engenhão também?

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare