Na coluna de Claudio Humberto (Jornal Metro) – Tribunais Regionais Eleitorais de todo o País estão pedindo ao Comitê Olímpico Organizador a lista das quase 12 mil pessoas que conduziram a tocha olímpica nas semanas que antecederam os Jogos do Rio 2016. Antes da chegada da tocha ao Brasil, todos os interessados em conduzi-la foram advertidos: caso pretendessem candidatar-se às eleições municipais de outubro, seriam punidos com a inelegibilidade.
Precavido, o Comitê Olímpico Organizador tem as imagens de cada um dos condutores da tocha olímpica nos Jogos do Rio 2016.
Para burlar o veto a candidatos carregando a tocha, muitos deles mentiram em relação à sua atividade profissional.

1 Comentário

  1. A condução da Tocha Olímpica foi uma papagaia sem tamanho. A escolha deveria se limitar a esportistas e pessoas ligadas ao esporte em geral, mas ao invés disso vimos dezenas de pessoas que nada tinham a ver com esporte, participando do evento só pra se aparecer. E o mais patético ainda é que se diziam muito emocionadas pela oportunidade. Que mentira! Um atleta sim ficaria emocionado pois sabe do peso de uma Olimpíada, agora um cantor, apresentador…? O que entendem disso? É rir pra não chorar da falta de noção desse povo.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare