1504632748_454470_1504632906_noticia_normal
Se ainda existia algum legado olímpico no Rio de Janeiro, hoje de manhã ele foi pulverizado. Agentes da Polícia Federal e do Ministério Público Federal prenderam Carlos Arthur Nuzman, presidente do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) e do Comitê Rio 2016, na manhã desta quinta-feira (5), na Zona Sul do Rio. Os agentes também tentam cumprir mandado de prisão contra Leonardo Gryner, diretor-geral de operações do comitê Rio 2016.
A ação é um desdobramento da Unfair Play, uma menção a jogo sujo e que é mais uma etapa da Lava Jato no Rio de Janeiro. O objetivo é cumprir mandados contra suspeitos de comprar jurados da eleição da cidade sede da Olimpíada de 2016.

2 Comentarios

  1. Num entendo o que leva tanta gente velha a roubar tanto dinheiro. Esse Nuzman já está com o pé na cova, nem tempo de gastar essa grana toda ele vai ter e nem mesmo disposição, pra que fazer isso, então, hein?

  2. E o Del Nero, quando será preso?

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare