Há no imaginário jurídico um jargão que se tornou popular: antes absolver um culpado do que condenar um inocente.
Mas a Justiça da Suíça aplicou outra derrota contra o atacante peruano Paolo Guerrero, suspenso por doping. Nesta sexta-feira, o Tribunal Federal do país europeu anunciou que rejeitou um recurso apresentado pela Fifa que queria, assim como a defesa do atleta, uma redução em sua punição. A entidade máxima do futebol havia estabelecido uma suspensão de apenas seis meses ao jogador, o que foi revertido depois pela Corte Arbitral dos Esportes (CAS, na sigla em inglês), que ampliou a pena para 14 meses.

2 Comentarios

  1. Mas, então, judicializaram a questão, na Suíça? Ou esse Tribunal Federal é uma instância recursal da própria Justiça Desportiva?

  2. Essa página tem muitos anúncios que te jogam pra outro site.as matérias são boas mas com esse tanto de anúncio prefiro não acessar mais.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare