O Corinthians acha pouco todos os seus problemas e acrescentou mais um ingrediente esta semana para transformar o ambiente quase irrespirável no clube: o  Conselho de Orientação do Corinthians decidiu emitir parecer negativo sobre as contas de 2019.
O balanço foi reprovado por 7 votos a 5. A definição não tem impacto imediato no cotidiano do clube, mas pode jogar ainda mais pressão sobre a atual gestão, comandada pelo presidente Andrés Sanchez. De acordo com fontes consultadas pela reportagem da Jovem Pan, agora, com base no parecer emitido pelo CORI, o Conselho Deliberativo poderá rejeitar as contas de 2019. Se isso ocorrer, um processo de impeachment de Andrés poderá ser aberto.

1 Comentário

  1. Ele deveria pedir pra sair. Já virou a persona non grata.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare