“Ontem mesmo liguei para o Cuca. Sou amigo dele. Avisei que pela manhã estaria no CT Rei Pelé. Conversei com jogadores e comissão técnica e depois fizemos uma reunião geral. Uma situação preocupante. Alguns sem motivação. Mas o elenco é bem aguerrido, bem profissional. Muitos reclamando de atrasos de salários e de direitos de imagem e quando reclamavam ouviam promessas. Não estamos aqui para recriminar ninguém. A gestão passou. Estou como presidente em exercício. Posso ficar um dia, dois dias, 60 dias ou 90 dias. Não sei o prazo que serei presidente, mas uma coisa que falo pra vocês e falei para os jogadores também, é que vocês vão ter todo o meu foco para a resolução desses problemas, principalmente os financeiros. Não vendi ilusão para ninguém. Eles sabem, sim, da atual situação administrativa do Santos, que é bem gritante. É mais preocupante do que muita gente imagina. Só que eu sabia que ia encontrar uma situação tenebrosa, então não posso ficar reclamando. Porque se não vou ficar só reclamando. Temos de ganhar confiança no mercado, temos de pagar as dívidas. Pagando as dívidas vamos ganhar confiança no mercado. Muitas dívidas geraram punição pelo simples fato de o Santos não dar satisfação aos credores sobre formas de pagamento” ORLANDO ROLLO, atual presidente do Santos..

1 Comentário

  1. As finanças devem estar aos frangalhos.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare