O Grêmio foi muito mal no primeiro tempo; e melhorou muito na etapa final. Abriu o placar, teve chance de fazer o segundo, mas acabou cedendo à pressão do River Plate que construiu uma vitória na raça e com a ajuda do árbitro de vídeo. Um pênalti altamente duvidoso marcado aos 42 do segundo tempo.
O Grêmio talvez tenha confiado demais no resultado do jogo de ida. Foi uma pena.
Agora só nos resta torcer por um milagre do Palmeiras, nesta quarta-feira, diante do Boca, para o Brasil não ficar de fora da final a Libertadores.
O técnico Gallardo, suspenso, burlou a fiscalização e passou o jogo inteiro mandando instruções pelo rádio. Pode isso, Conmebol?

7 Comentarios

  1. Foi pênalti! Vamos parar de chorar, e ficar culpando a arbitragem. O Grêmio sofreu uma eliminação doída, foi muito incompetente.

  2. Eu não sei se esse timeco do Grêmio mereceu ser eliminado ou se foi pênalti ou não, mas que esse VAR vai ser usado como desculpa pra muito técnico e timeco incompetente por eventuais eliminações, ah isso vai. 🤣🤣

  3. E, Marcondes, eu já lhe disse: peça a alguém aí da Band para dar um puxão de orelha em Renata. Não é possível que ela ache certo agir da forma que age diante dos times adversários. Ela está impossível pela eliminação do Grêmio. Vi só a abertura do programa e não aguentei. Desliguei para não passar vergonha alheia. Por favor, ela tem 40 anos de idade, não dá para agir tão infantilmente. Uma coisa é a brincadeira sadia entre os rivais. A outra é a babaquice e desrespeito. Ela diz que faz isso porque é zoada pelos outros integrantes, mas é ela quem incita tudo isso. Não dá mais.

  4. Eu fico muito triste com isso, pois ela está milionária e recebendo um reconhecimento por ser uma jornalista íntegra, sendo que ela não é. Enquanto outras bem mais capacitadas num tem o espaço que merecem. Eu não acho justo. O mesmo vale pra Denílson. Mas pelo menos esse palhaço não esconde que é da zoeira, enquanto Renata fica sendo sonsa, colocando–se como uma jornalista gabaritada e isenta, sendo que ela não é.

  5. E a Porcada não vai passar pelo Boca. Eles não têm nervos de aço para esse tipo de jogo. Sem falar que o placar é muito difícil. Vai see uma final argentina.

  6. Foi pênalti (não sei qual a dificuldade que as pessoas têm nesse tipo de lance, pra mim é tão fácil). Eu daria o braço do cucaracho, no gol (mas reconheço que não é um lance fácil), além da falta do ex-bambi LP no zagueiro gaymista, no mesmo lance (coisa que passou despercebida de todos, salvo engano, já que não assisti aos programas esportivos, hoje). Uma coisa é fato: se fosse ao contrário, o uruguacho jamais faria o que fez com o apito, contra um time marrentino. E o Cebolinha, hein? Gol feito, incompetente…

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare