No jornal Ás (Por Carlos Forianes ) – Rodrygo Goes bate recordes (quase) na velocidade da luz . Em sua estréia, ele precisou apenas de 95 segundos em campo para fazer seu primeiro gol na Liga no 2-0 para o Osasuna e com o Leganés ele nem precisou se aquecer. Gol no 6º minuto.
Era o seu segundo gol na liga e tinha conseguido apenas 54 minutos de jogo . A melhor média desta Liga entre os multigoleadores e uma precocidade imparável. Acima de tudo, em comparação, com outros brasileiros que chegaram muito jovens em nosso país.
Rodrygo levou menos tempo do que Ronaldo Nazario, Neymar, Romario, Diego Costa … mas também os jogadores que surgiram em lendas ( Raúl, Fernando Torres … ) e rachaduras vintage, caso de Messi e Cristiano.
Se o argentino precisou alcançar 360 minutos na Liga para marcar seu segundo gol (foi na temporada 2005-06 e estreou no anterior), CR7 foi mais rápido em sua chegada à Espanha em 2009-10.
Não bastava para Rodrygo não ter conseguido isso antes deles. A nova sensação brasileira do Real Madrid ainda tem um enorme caminho pela frente, mas a precocidade de metas de perfuração não pode ser discutido.
 A ESPN já desenvolveu um relatório no ano passado, no qual mostrou que era mais eficaz que Neymar na idade dele . Um fenômeno que no Brasil todos os dias tem mais seguidores. Alguns, como Rivaldo, ele vê “mais instinto assassino” que Vinicius.
ENQUANTO ISSO, VINÍCIUS JR…

2 Comentarios

  1. Ele tá com essa bola toda? Parabéns, então!

  2. Meu Deus! Como se perde tempo com números, na imprensa. É o tempo pra fazer o 1º, o 2º, o 10º gol. Tempo pra ser decisivo numa final, tempo pra dar o 1º hat-trick, 1ª partida que entra jogando, outra que joga 90 minutos. Só eu acho tudo isso ridículo?

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare