No blog do Rodrigo Mattos  (UOL Esportes) – Estão bem avançadas as negociações da Ferj, clubes e veículos de comunicação com vistas à transmissão do Campeonato Carioca. Há uma proposta encaminhada para explorar múltiplas plataformas, sem estar preso em uma só empresa, e atingir renda similar ao contato anterior da competição.

Quem está comandando o empacotamento do Carioca é o ex-executivo da Globo Marcelo Campos Pinto. Ele já convenceu os dirigentes de Flamengo, Fluminense, Vasco e Botafogo a negociarem juntos com a Ferj.

A Globo, que rescindiu seu contrato que iria até 2024, fez uma proposta em valores menores do que os R$ 120 milhões originais e não foi aceita.

Está praticamente fechado que não haverá concentração dos direitos em uma empresa. Assim, o SBT é apontado como um candidato a ocupar a faixa de TV Aberta. Além disso, seriam exploradas outras mídias para aumentar a renda como uma plataforma de pay-per-view própria da competição. Nesse caso, cada clube ficaria com o percentual do que for arrecadado pela sua torcida.

1 Comentário

  1. Só se estiver a preço de banana, porque bem a LA parece estar compensando.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare