Hoje tem URUGUAI X BRASIL no Centenário, em Montevidéu, um estádio que permanece quase com a mesma estrutura da época em que sediou a Copa de 1930.
Estivemos lá recentemente. Mal comparando, é um Pacaembú piorado, mas tem charme e tradição.

O azul celeste imaculado desse céu nos remete à mitica camisa da seleção uruguaia. É o que podemos chamar de um “azul dégradé”, modificação gradual de matizes e tons visuais. Um espetáculo à parte.
Se Uruguai, Argentina e Paraguai ganharem o direito de sediar a Copa de 2030, o Centenário será remodelado, mas a intenção é preservar a sua identidade.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare