A jogadora Carol Solberg foi denunciada pela procuradoria do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) após dizer “Fora Bolsonaro” em entrevista ao final de uma partida.
A atleta foi enquadrada em dois artigos do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD). No primeiro, o 191, ela deixou de cumprir o regulamento da competição e no outro, o 258, assumiu qualquer conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva não tipificada pelas demais regras do código.
A punição para a atleta pode ser de R$ 100 a R$ 100 mil para o primeiro artigo e de suspensão de uma a seis partidas para o segundo.
Comentário meu – Onde estava o STJD quando outros atletas declaram apoio público a Bolsonaro?

2 Comentarios

  1. Acho que nas suas redes sociais podem,agora durante uma competição,regida por um regulamento que diz que é proibido seja a favor ou contra tem que ser respeitado e em caso de descumprimento sofra as penalidades previstas.
    Então pra que serve o regulamento?
    Só minha opinião né..

  2. Alguém crítica seus patrocinadores publicamente? Bolsonaro representa o Banco do Brasil, direito que lhe foi concedido por mais de 58 milhões de brasileiros, no mínimo é falta de bom senso e de inteligência. Como disse Silvio Santos, quer dar sua opinião, abra seu Canal de TV .

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare