Os 60 clubes presentes nas três principais divisões do Campeonato Brasileiro de 2021 têm quase R$ 1 bilhão em dívidas abertas com a União Federal, informa ótimo levantamento do Blog do Cássio Zirpoli. De forma precisa, R$ 904.591.851, com aumento de 8,2 mi sobre 2020 (+0,9%). Os números estão à disposição através do aplicativo “Dívida Aberta”, da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN). A consulta pública lista todos os contribuintes com dívida ativa junto à União e com Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Em 2020, o maior devedor era o Cruzeiro, com R$ 261,6 mi, mas o clube mineiro firmou um acordo com a PFGN em outubro, conseguindo um desconto considerável – sobre encargos, juros e multas. Assim, parcelou R$ 182 milhões em 145 parcelas (!). Embora tenha saído até do “top ten”, a raposa segue com R$ 22,4 mi em dívidas abertas. A liderança em 2021 acabou ficando com o Guarani, que estava em 2º no último ano. O valor do bugre é quase o mesmo.

2 Comentarios

  1. Já começam o ano endividados.

  2. Piorou muito mais com a pandemia, grandes clubes praticamente falidos.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare