O Fla-Flu é um dos clássicos mais charmosos do País. Mas esse de hoje, apesar de se cercar de toda essa tradição, foi uma covardia, porque a superioridade do Flamengo é escandalosa. Foi 2×0, mas poderia ter sido 5×1. Sim, o Fluminense criou uma ou duas oportunidades, mas, do primeiro ao último minuto, parecia um jogo de time grande contra time pequeno. O Flamengo, definitivamente, não tem adversários no Brasileirão.  Enquanto isso, o Corinthians perdeu em casa para o Cruzeiro, mas a diretoria garante que Fábio Carille está “prestigiado”.
O Flamengo resolveu jogar pesado com a Rede Globo. Com um dos elencos mais caros do futebol brasileiro e campeoníssimo de público/audiência em qualquer competição, o rubro-negro está ameaçando disputar o Campeonato Carioca com um time sub-23, caso não consiga melhorar (e muito!) a sua cota de patrocínio com a Globo. A  Globo ainda não conseguiu renovar seu contrato de exclusividade com os cariocas porque o Flamengo está insatisfeito com os valores que recebeu até agora. Este ano, por exemplo, cada um dos quatro grandes do Rio de Janeiro recebeu R$ 17,5 milhões da Globo, valor bem inferior, por exemplo, ao que abocanharam os quatro grandes de SP: R$ 24 milhões.
Uma Bombonera pulsando apoio ao Boca durante todo o jogo não foi suficiente para levar os donos da casa para a final da Copa Libertadores. Assim como na decisão do ano passado, o River Plate saiu comemorando após o apito final. Apesar disso, o Boca pressionou bastante, principalmente na bola áerea, já que faltava criatividade para os argentinos que vestiam azul e amarelo. No mais, avança para a final quem é mais time, mesmo perdendo por 1 a 0.
38 anos depois, o Flamengo volta a disputar uma final da Taça Libertadores, em grande estilo. Em partida realizada na noite desta quarta-feira, no Maracanã, a equipe rubro-negra goleou o Grêmio por 5 a 0 e se classificou para decidir a competição sul-americana. O Rubro-negro carioca vai enfrentar o River Plate,da Argentina, no dia 23 de novembro, em jogo único, em Santiago do Chile. O River já havia garantido a vaga ao eliminar o Boca Juniors, na outra semifinal. Os gols do Flamengo foram marcados por Gabigol, dols, Bruno Henrique, Pablo Mari e Rodrigo Caio.
A Câmara dos Deputados dos Estados Unidos aprovou um polêmico projeto, batizado Lei Rodchenkov, que prevê punições que podem chegar a 10 anos de prisão para atletas que fizerem uso de substâncias proibidas no esporte. O detalhe que torna esse projeto único no mundo é que, pela proposta, os EUA teriam o direito de punir qualquer esportistas que se dopar, mesmo de outros países. Grigory Rodchenkov é o ex-chefe do laboratório antidoping nacional da Rússia que delatou o esquema de doping do seu país e que foi personagem central do documentário Icarus, Oscar de melhor documentário no ano passado. Foi ele quem incentivou o senador democrata Sheldon Whitehouse, de de Rhode Island, a apresentar este projeto de lei, que ainda precisa ser aprovado no Senado antes de seguir para sansão presidencial.
Números divulgados: com a transmissão da segunda partida da semifinal entre Flamengo x Grêmio,  a Globo alcançou 52 pontos com 70% de participação no Rio de Janeiro. Ou seja, a cada dez televisores ligados, sete estavam na emissora.Com os números, a Globo bateu o recorde de audiência do futebol como um todo em 2019. Excetuando-se jogos da seleção brasileira, foi o maior ibope dos últimos 15 anos, desde que o Flamengo e Santo André fizeram a final da Copa do Brasil em 2004.

4 Comentarios

  1. Resumindo: o. Flamengo é destaque quase todos os dias! rsrs

  2. O jogo no final da tarde será que vai dar mais audiência?

  3. “Números divulgados: com a transmissão da segunda partida da semifinal entre Flamengo x Grêmio, a Globo alcançou 52 pontos com 70% de participação no Rio de Janeiro. Ou seja, a cada dez televisores ligados, sete estavam na emissora.Com os números, a Globo bateu o recorde de audiência do futebol como um todo em 2019. Excetuando-se jogos da seleção brasileira, foi o maior ibope dos últimos 15 anos, desde que o Flamengo e Santo André fizeram a final da Copa do Brasil em 2004.”

    Maior audiência NO RIO DE JANEIRO, Marcondes, corrija aí!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare