Foi boa a estréia do Brasil no torneio olímpico do futebol masculino. Surpreendente porque, como sabemos, esses times todos são feitos às pressas, na base do improviso, e poucos conseguem tempo para treinar e se entrosar.

Isso acontece porque os clubes não são obrigados a ceder os jogadores convocados. O Brasil mesmo esperava contar com Vinicius Jr. Rodrigo, Gerson, só pra citar alguns.

Mas a seleção brasileira mostrou mais do que talento individual.Mostrou organização tática, e contou com a inspiração de Richarlisson, autor de 3 gols no primeiro tempo.

Levamos um gol numa falha rara do ótimo goleiro Santos, mas poderíamos ter feito muito mais.  Teve até pênalti perdido pelo atacante Matheus Cunha. Com um pouquinho mais de capricho nas finalizações, quem sabe daria até pra devolver os 7×1 pra esses caras. Foram 21 chutes a gol, contra 5.

Depois eles tiveram um jogador expulso e parecia que seria um passeio. Chances, muitas chances criadas, e os caras acharam outro golzinho de cabeça. Ai Paulinho fez o quarto gol pra aliviar as tensões.

Quer dizer, um jogo que era pra ser fácil, acabou dando um susto no final. Mas foi só um susto.

2 Comentarios

  1. O jogador brasileiro está virando jogador europeu que não sabe fazer gol, os camaradas ficam cara a cara com goleiro e ficam todo atrapalhado, até penalt estão perdendo.

  2. Estreia animadora, realmente. Parabéns. E sem essa devolver 7×1 em olimpíada. 🤡

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare