O Fluminense foi a Vila Belmiro enfrentar o Santos de Jorge Sampaoli e certamente sentiu a ausência de Paulo Henrique Ganso, o camisa 10 que o clube contratou para dar qualidade ao time.
Ganso está lesionado e vem desfalcando o Fluminense desde a Copa do Brasil. Perdeu hoje a chance de dar o troco em Sampaoli, que o tratou com desdém na sua apagada passagem pelo Sevilha da Espanha.
Não que Ganso pudesse fazer muita coisa para evitar que o Santos ganhasse do Fluminense por 2×1, num jogo cheio alternativas, com as duas equipes buscando o ataque o tempo inteiro.
Mas eu bem que gostaria de ver esse encontro Ganso x Sampaoli. Talvez no começo do returno, se os dois ainda estiverem no mesmo emprego.

4 Comentarios

  1. PHG é o primo pobre do Neymala. Isso deve doer! Lembro-me de que, nos anos de 2010/2011, ambos tinham praticamente o mesmo peso relativo, dentro do time do Prantos, e eram grandes promessas. Um “deu certo” (embora envolto, cada vez mais, em dúvidas sobre seu futuro); e o outro, naufragou retumbantemente. Dá pena do tal Ganso. Ou daria, não fora ele o homem a “pegar” o Fenômeno, num jogo na Vilinha, após o nosso título de 2009, invicto, lá conquistado…um moleque tentando intimidar uma lenda viva do futebol, embora já decrépito…fora o episódio com Dorival Jr. , de insubordinação patente, na final do Paulista, em 2010, contra o Santo André.

  2. Boa vitória. Não adiantaria nada vencer o Grêmio lá no Sul e perder em casa pro Fluminense. Vamos na humildade para fazer um campeonato decente.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare