Para a surpresa de ninguém, tudo terminou em pizza.O atacante Neymar não recebeu punição em julgamento da Comissão de Disciplina da Liga Francesa, que apurou a polêmica do jogo entre PSG e Olympique de Marselha. Na ocasião, o brasileiro se envolveu em uma confusão com o zagueiro Álvaro Gonzalez, que também não foi punido. O órgão avaliou que não há provas suficientes para comprovar que houve discriminação.
Neymar teria chamado o zagueiro de “bicha de m…”, enquanto Gonzalez foi acusado de insultar o atacante com o termo “macaco”. Os dois foram avaliados no mesmo artigo: “suspeita de comentários homofóbicos e/ou racistas durante o jogo”.
ENQUANTO ISSO, NA ESPANHA…

Um documento divulgado pela Receita espanhola nesta quarta-feira (30) inclui Neymar entre os devedores do Fisco —o débito do jogador brasileiro é de mais de 34 milhões de euros, informa o jornal francês Le Monde.

Em 2019, a imprensa europeia já havia divulgado que as autoridades espanholas acusavam Neymar, hoje no Paris Saint-Germain, de evasão fiscal de 35 milhões de euros durante a sua passagem pelo Barcelona. Na época, porém, o Fisco espanhol não confirmou isso oficialmente.

2 Comentarios

  1. Então, por justiça, os dois atletas deveriam ser punidos. Essas Ligas só vão aprender a hora que os patrocinadores pararem de financiar as competições.

  2. Mas não ficou provado nada. Neymar parece que viajou.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare