Põe na conta de Tiago Nunes essa derrota do Corinthians para o São Paulo. Num jogo fraco tecnicamente, tudo encaminhava para um empate em 1×1, quando, aos 45 do segundo tempo, Tiago Nunes coloca Boselli no lugar de Jô.
Isso mostra o quanto o treinador corintiano estava conformado com o empate. Se tivesse a mínima intenção de ganhar o jogo, poderia lançar mão dela dupla Jô/Boselli, pelo menos a partir da metade da etapa final.
Tiago é está se revelando um técnico sem ousadia. Um time da grandeza do Corinthians precisa de alguém que pense grande, que esteja sempre focado no topo do pódio. Tiago certamente não teria vida longa no Sport Club Corinthians Paulista, que completará 110 anos depois de amanhã.
O São Paulo, por sua vez, alcança a vice-liderança do Brasileirão, agora com 13 pontos (2 a menos que o líder Internacional).
Muita gente achava que o São Paulo, sem o seu líder Daniel Alves, teria poucas chances de ganhar o clássico. Pois foi exatamente usando os meninos da base que o Tricolor alcançou a vitória.
Fernando Diniz terá um pouco mais de tranquilidade para tentar prosseguir o seu trabalho no Morumbi.

3 Comentarios

  1. Eu apoiava o Tiago Nunes, mas depois desse jogo de hoje vi que não conseguirá dar padrão de jogo a esse time. Insistir em Sidclay onde se tem um jogador bem melhor na reserva, mostra o quanto está equivocado.

  2. Ele foi contratado justamente por ser ousado e ter a possibilidade de levar algo novo pro Timeco 5ma11. Se está acanhado desse jeito, então o tiro saiu pela culatra. 🤷‍♀️

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare