1 Comentário

  1. Tenho a mesma impressão que o editorial da Crusoé: nada mudará no jeitão como se faz política no Brasil. A corrupção vai estar menos visível, mais esguia, acessível a um menor nº de políticos, talvez – os caciques -, e até nisso regrediremos, pois a “corrupção democrática” que vem prevalecendo nos últimos 20 ou 30 anos cederá passo a um regime de oligarcas. E dá-lhe o gado marchando pras urnas, logo adiante, mais uma vez. Mais uma vez…

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare