O começo da Libertadores tem sido bem frustrante para a maioria dos clubes brasileiros. Com exceção de Flamengo e São Paulo, que ganharam fora de casa, todos os outros tropeçaram.
O milionário time do Atlético deveria voltar de ônibus da Venezuela, como castigo pela péssima atuação na estreia. Faltou vergonha na cara.
E o Palmeiras, depois de um bom começo, voltou a mostrar a mesma frouxidão das últimas semanas. Abriu vantagem contra o adversário mais fraco do grupo, parecia até que iria golear, mas cedeu o empate é só garantiu a vitória nos acréscimos.
Você consegue perceber, pela cara de angústia do técnico Abel Ferreira, que as coisas não vão bem no Verdão.
Olhando assim, temos a impressão de que o técnico português perdeu o vestiário.
Acho que não é só impressão, não.

1 Comentário

  1. Pelo menos não perderam e jogaram fora de casa, diferente do Santos. LA tem que ganhar, o time se ajusta ao longo da competição quando vai ganhando confiança.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare