“Acho que no jogo de hoje a única certeza é que tem um erro absurdo, de direito. Vamos buscar todos os questionamentos, gravações e o VAR. Temos que saber por que anulou, validou, voltou atrás. E por que autorizou, um erro de direito que tira a credibilidade da arbitragem mais uma vez. Vamos estudar todas as possibilidades jurídicas. Vamos buscar tudo que aconteceu. Se foi validado é que tinha dúvida. O erro é o que aconteceu quando autorizou a partida. Está na regra. O São Paulo tem que ir atrás dos seus direitos e esclarecer todas as dúvidas que ficaram no ar”, RAÍ, diretor do São Paulo.

4 Comentarios

  1. E ele tá certo. Depois que o jogo reinicia, o árbitro não pode voltar atrás.

  2. Tudo bem. Pela questão jurídica o São Paulo tem razão. Agora o lance foi irregular, no ano passado o Palmeiras foi beneficiado por um pênalti que foi marcado pelo VAR depois da bola ser reposta. Isso está parecendo chororô de um time que é incapaz de derrotar um adversário tecnicamente inferior.

  3. Apenas choro, legalmente está certo, moralmente é apenas choro de quem quer tirar proveito de um erro que iria beneficiar o infrator.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare