O Grêmio mereceu ganhar pelo que fez na primeira partida. Lá em Belo Horizonte, aqueles 3×1 foram surpreendentes. Hoje era só administrar o resultado, e foi isso que o Grêmio fez. Fechou-se na defesa e explorou os contra-ataques.
Público recorde de mais de 52 mil torcedores na Arena e um gol de Bolanos no finalzinho foi construído exatamente dessa forma. O Atlético empatou, mas não deu mais tempo para nada.
Depois de 15 anos sem levantar uma taça, o dia é de festa para os gremistas. A partir de amanhã, acabou a zoeira em cima dos torcedores com aquela história de time que não ganha títulos.
Mas é preciso lembrar aqui que o técnico Renato Gaúcho por pouco não perdeu o foco da final, somente para dar “holofotes” para a sua filha Carol.
“Já acertei tudo com o presidente e a minha filha Carol vai entrar em campo para festejar conosco o título da Copa do Brasil”, dizia Renato antes do jogo, esquecendo que a tarefa prioritária era não deixar o título escapar.
E Renato já deveria ter apreendido a lição. Em 2008, quando dirigia o Fluminense, ele foi para a final contra a LDU e precisava ganhar no Maracanã:
“Nós vamos ganhar a Libertadores em cima da LDU e depois vamos apenas brincar no resto do Campeonato Brasileiro”, disse Renato, antes de perder o título nos pênaltis.
Um pouco mais de seriedade não vai fazer mal para o treinador gaúcho.
Renato festejou de novo com a filha Carol dentro de campo
Renato festejou de novo com a filha Carol dentro de campo

6 Comentarios

  1. Parabéns ao timeco do Grêmio, despachou o super Galo que era o favorito da maioria. Não imaginei que pudessem ser tão eficientes nos dois jogos, mas acho que o Galo meio que abriu mão do título ao trocar de treinador no meio da decisão. Mas isso não tira o brilho da conquista deles. Parece que esse é o ano dos campeões inesperados. CB com o Grêmio depois de 15 anos, BR com a Porcada depois de mais de 2 décadas, Sul-americana coma a primeira conquista da Chape…, só o Paulistão mesmo que segue com um só time absoluto há muitos anos, rs.

    • Pois é, eu falei que a disciplina tática do Grêmio poderia fazer a diferença, Atlético-MG tem um timaço com estrelas, mas não tá jogando nada, investiu tanto no time e no final terminou o ano sem nenhum título.

  2. E Cazares mitou no gol hein? Infelizmente foi ofuscado pela conquista do Grêmio, mas foi show de bola. Engraçado que no EI o gatíssimo do Diego foi o convidado do programa e relembraram o gol que ele fez do meio da rua também, quando jogava na Europa, igualzinho ao de Cazares. Que coincidência, rapaz. kkkkkkk

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare