O senador Romário ameaçou em suas redes sociais pedir a abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) contra a CBF, caso Ricardo Teixeira, Marco Polo Del Nero ou Gustavo Feijó cheguem à presidência da instituição. O ex-atacante também disse entender que este “não é o momento” para ocupar o Senado com esta pauta mas que não vê outra alternativa. A informação é do IG.

Se a CBF voltar a ser presidida por Del Nero ou Ricardo Teixeira, ambos banidos do futebol pela Fifa, ou Gustavo Feijó, um cara cheio de escândalos na vida pública e privada, eu vou iniciar a coleta de assinaturas e falar com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, para abrir uma nova CPI, agora, especificamente sobre a CBF – escreveu o senador em suas redes sociais.

– O futebol brasileiro não merece mais essa sacanagem e desrespeito. Eu entendo perfeitamente que este não é o momento, principalmente pelo que estamos vivendo aqui: crise sanitária e econômica (por causa da pandemia do Covid 19). Contudo, não vou aceitar. Sei que irei tomar algumas porradas, mas não vou aceitar. Eu estou alertando para que não aconteça – acrescentou Romário.

1 Comentário

  1. Por que não faz de fato, são invés de ficar alardeando no twitter?

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare