No Instagram –
romariofaria – Ontem comentei aqui que havíamos aprovado importantes convocações na CPI do Futebol, apesar de a maioria dos membros da comissão não comparecerem à sessão para evitar a aprovação dos requerimentos em pauta.
No entanto, mesmo com o jogo sujo do lobista da CBF, que instruía parlamentares pelos corredores do Senado a não ir à sala de reunião, conseguimos o número necessário de assinaturas para abrir a sessão e aprovar as convocações de Teixeira, de Del Nero e seu filho, do empresário Wagner Abrahão e do prefeito de Boca da Mata, Gustavo Dantas Feijó.
No momento da votação, estavam na sala apenas eu e os senadores Randolfe Rodrigues e Zezé Perrela. Foi uma votação simbólica, conforme autoriza o regimento da Casa.
Dentro das regras, sem jogo sujo, fizemos tudo que foi possível para termos os depoimentos de personagens fundamentais das falcatruas do futebol. No vídeo, vocês podem conferir a fala do senador Randolfe, indignado com obstrução dos trabalhos da CPI.
Porém, diante da nossa vitória. O senador Ciro Nogueira, um dos que não compareceu ontem, foi ao Plenário pedir a anulação da referida sessão, com a alegação da ausência dos senadores que assinaram presença.
Estamos aguardando um pronunciamento da Presidência do Senado confirmando a legalidade da sessão. Todos os seis senadores que assinaram a lista de presença, estiveram na sala de CPI.

Sabemos que o jogo da CBF é pesado e nós, diferente deles, agimos dentro da Lei
9384410f5e76da55d251a675753fb7cb

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare