Depois de admitir que o clube deve a alguns fornecedores, mas que só vai paga depois que a “tempestade” passar; depois de deixar a conta de luz do Parque São Jorge ser cortada por falta de pagamento, o presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, resolveu soltar uma bravata contra o Palmeiras, seu maior rival. 
O tema é o pagamento dos estádios que os dois clubes construíram e quanto tempo eles levarão para pagar a conta:
“São modelos muito diferentes, não existe comparação. O Corinthians deve pagar a sua arena muito antes que o Palmeiras, que tem um financiamento de 30 anos. O Corinthians é 12 (o financiamento), que virou 8, que deve virar 12 de novo. O Palmeiras tem a arrecadação da arena, mas é obrigado a cedê-la sempre que o parceiro quer fazer um show”, disse Andres.

2 Comentarios

  1. Ele sempre jogando pra galera. Adora lembrar da rivalidade com os outros paulistas e o Flameco pra iludir a torcida. Aff. Típico político.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare