A tentativa do Flamengo em alterar a data da semifinal da Copa do Brasil, a menos de duas semanas do jogo, causou irritação profunda na CBF, que chegou a se manifestar por meio de nota oficial. A informação está na coluna ‘De Primeira’, do UOL Esportes, assinada por Dassler Marques, Pedro Ivo Almeida e Vinícius Castro.
Na avaliação de membros importantes da entidade, o Fla “forçou a barra” ao tornar o pedido público um dia após a eliminação na Libertadores. Nos últimos dias, nos bastidores, a CBF já havia avisado aos rubro-negros que isso seria inviável.
O episódio aumenta um clima difícil na relação entre o clube e a entidade. Casos como a recusa do clube em ceder Vinícius Jr para o último Mundial Sub-17 e o fato de o Flamengo não apoiar a eleição de Rogério Caboclo para a presidência da CBF (Corinthians e Atlético-PR foram os outros opositores) pioraram a relação. O Fla também esperava que Paquetá fosse liberado da convocação de Tite em setembro, mas ficará sem o meia, além do volante Cuellar, para o primeiro jogo da semi – Fagner é o desfalque corintiano. 

2 Comentarios

  1. Tite errou em convocar jogadores envolvidos em mata-mata. E isso para joguinhos mequetrefes…

  2. Como assim a CBF perdeu a oportunidade de dar uma forcinha ao Flamengo e, de quebra, ferrar o 5ma11? Coisas que os paranoicos de plantão não conseguem explicar.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare