“Uma coisa que me surpreendeu muito aconteceu depois da Copa América (de 2019). Fomos convidados para uma palestra em Bilbao, e a grande pergunta era sobre como tínhamos conquistado a Copa América sem o Neymar, nosso grande astro. Porque a Argentina estava com Messi, Lautaro Martínez, todos os principais jogadores. A Colômbia estava com James, Mina, todos os principais jogadores. O Uruguai com Godín, Cavani, Suárez, os principais jogadores. Então, a gente tem que compreender o calor do brasileiro. Eles querem sempre ganhar jogando bem. Nós queremos também”, TITE.

1 Comentário

  1. Mas esse é o trabalho dele. Ele ganha rios de dinheiro pra isso. O torcedor, não. Cria expectativas e tem direito de cobra e quando não correspondido.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare