No esporte do Grupo Globo – informa Flávio Ricco no R7 – nada irá se alterar e os com mais de 60 anos, e ainda por tempo indeterminado, não terão os seus nomes incluídos nas escalas das próximas transmissões. Nada se alterou nas recentes reuniões de um comitê, criado especialmente para analisar tais questões. A ideia era reduzir as restrições em janeiro, mas como os números começaram a subir, resolveram segurar mais.

Por outro lado, em todos os programas esportivos, tanto na Globo quanto no SporTV, as presenças em estúdio devem se limitar a uma, no máximo, duas pessoas.

E, na medida do possível, para aumentar a margem de cuidados, ampliar as participações virtuais.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare