No UOL Esportes (Por Marcel Rizzo) – Os clubes que desenhavam até mesmo entrar em conjunto na Justiça para tentar desfazer o acordo com o Esporte Interativo, relativo a transmissão do Campeonato Brasil, a partir de 2019, entenderam que juridicamente seria praticamente impossível fazer isso, já que não consta explicitamente nos documentos que a Turner tem que transmitir esses jogos em canais com conteúdo exclusivamente esportivo.
A orientação que departamentos jurídicos têm feito a suas diretorias é que se espere o primeiro ano vigente para ver como será. Se houver problemas, de modelo de transmissão, de pontos contratuais referentes a parceiros e patrocínios, etc, pode ser mais fácil quebrar o contrato a partir de 2020. Se tudo correr bem, segue o acordo e a desconfiança termina.
As partidas devem ser mostradas no Space e na TNT, que têm a maior parte da programação voltada a filmes e entretenimento.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare