Michel Bastos entrou no lugar de Felipe Melo: o Verdão este ano tem atletas "de sobra"
Michel Bastos entrou no lugar de Felipe Melo: o Verdão este ano tem atletas “de sobra”

Todo mundo estava com saudade do futebol aos domingos. E, especialmente aqui em SP, esse Palmeiras 1×1 Ponte, hoje à tarde  – embora amistoso – serviu para tirar algumas conclusões:

> O time da Ponte Preta continua bem ajustadinho. Entra ano e sai ano e o pessoal de Campinas consegue manter uma boa regularidade. Não é aquele time que briga por títulos, mas também não corre riscos de dar vexame ou de ser rebaixado. é um dos poucos times que permanece invicto no Allianz Parque;

> O Palmeiras, super-reforçado para a temporada de 2017, ao que tudo indica viverá um grande dilema: como encaixar todas as peças novas para continuar sendo o melhor time do Brasil?

> Não é tão fácil o quanto parece. Eduardo Baptista é um sujeito competente, estudioso e trabalhador, mas a pressão sobre ele será muito forte. Talvez o Palmeiras precise de alguém com mais “estofo”, com mais quilômetro rodado. Não sei;

> Imagine, por exemplo, se Michel Bastos reivindicar o lugar de Felipe Melo? Entenda-se por “reivindicar” o fato de jogar mais do que Felipe. Isso pode acontecer em outras posições;

> Percebe-se claramente que algumas boas figuras do time campeão de 2016 estão incomodados com a enxurrada de reforços. Tche-Tche e Roger Guedes, por exemplo, pelo que fizeram na campanha vitoriosa do Brasileirão, não merecem perder espaço. Mas devem perder;

> Lucas Barrios fez o gol do Verdão – numa cabeçada estilosa, após o cruzamento de Zé Roberto – mas, cá entre nós, esse rapaz não é jogador para o Palmeiras. E dizem que a Crefisa pagam a ele um dos maiores salários do futebol brasileiro; 

> Enfim, o Palmeiras vai precisar de um bom planejamento para montar o seu novo time. Mais do que isto: vai precisar ser estratégico para saber lidar com o excesso de jogadores que dispõe em seu elenco. Existe um ditado do latim que proclama: “O que abunda não prejudica”. 

Nesse “quebra-cabeça” aí do Palmeiras, é bom esperar para ver.

 

2 Comentarios

  1. Tem ver se o técnico vai conseguir montar bem o time dando padrão de jogo, e também se vai conseguir administrar bem o elenco que tem em mãos.

  2. Parece que estão todos babando com esse timeco da Porcada. É apontado como favorito a tudo. Até mesmo ao Paulistão, onde o Santos reina. Parafraseando Léo: “Vamos ver se eles são tudo isso mesmo”, rs!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare